As pirâmides da Amazônia

Ciência, Teoria da Conspiração Nenhum comentário em As pirâmides da Amazônia

Um jornalista alemão chamado Karl Brugger descreve inúmeras lendas disseminadas na Amazônia sobre civilizações antigas muito evoluídas que estariam localizadas na Serra do Gupira, região do alto Rio Negro.

Brugger escreveu um livro chamado A Crônica de Akakor, onde ele descreve que sua descoberta começou em 1971, onde o piloto suíço Ferdinand Schmidt conheceu Tatunka Nara, que afirmava ser nativo da tribo Urgha Mogulada, supostamente existente no interior da floresta amazônica. Com informações fornecidas por Schmidt, Briggs viajou para Manaus e contatou o índio, que lhe revelou algumas coisas sobre sua tribo.

Tatunka Nara revelou que era um príncipe e que na região existiam três cidades habitadas por seu povo, chamadas Akahim, Akakor e Akanis. Em Akahim existiria um objeto grande e muito antigo, entregue há milhares de anos aos sacerdotes moguladas por “deuses vindos do céu”. Tal artefato, de acordo com as tradições, começaria a cantar quando “os deuses fossem retornar á  terra”.

Como sabemos, Karl Brugger foi misteriosamente assassinado na cidade do Rio de Janeiro por um misterioso “assaltante” que não roubou nada e o fuzilou com uma Pistol-Uzi calibre 9mm dias antes de sua excursão para a “cidade perdida”. Mais uma vez a conspiração camuflando a verdade.

 

No período da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) Adolf Hitler, o ditador nazista do Terceiro Reich, enviou expedições científicas e militares à Amazônia justamente para tentar encontrar as cidades dos deuses (Akahim, Akhanis e Akhakor) em busca do objeto dos deuses que começava a cantar.

Nazis Rio Negro

Cerca de dois mil alemães vieram nessas expedições secretas ao Brasil e nenhum deles jamais retornou à Alemanha. Contudo, na época Tatunka Nara se disse a Brugger filho de um soldado alemão com mãe índia. Como de fato trata-se de um “índio” bastante estranho, já que ele falava muito bem o Português, como também quase todos os idiomas indígenas e o mais curioso, falava alemão fluentemente!

Indios Nazi

Tatunka Nara evidentemente conhece muito bem a selva da Amazônia, tanto que teria servido de guia a várias expedições, algumas das quais, segundo denúncias, nunca mais retornaram.

Pesquisando antigos arquivos da Alemanha Nazista, Brugger descobriu documentos secretos e também um certo filme muito especial, no qual era revelado que em 1945 Hitler despachou um submarino equipado com aviões anfíbios e levou soldados da elite da SS, precisamente na direção do território brasileiro! E mais tarde foi apurado que várias equipes nazistas remanescentes (não se sabe vindas de onde) chegaram lá depois do final da guerra e ainda em vários anos depois, em 1965! O vídeo ainda revelava todas as fases da montagem de uma base nazista supersecreta naquela região!

Comentários

O Desocultando é um agregador de conteudo singular que tem como principal objetivo centralizar e divulgar informações
relacionadas ao oculto, o sobrenatural, ciência, conspirações, contatos extraterrestes e mistérios em geral.


Desocultando | Aqui o oculto é revelado © 2020.


n

Back to Top