Os Illuminatis

Teoria da Conspiração Nenhum comentário em Os Illuminatis

Illuminatis

Já que estamos falando de governos secretos por que adiar mais? Vamos falar logo deles, os reis das acusações dos conspiracionistas, os Illuminatis. Entretanto, decidi dar esse espaço à outros. Falar dos illuminatis é complicado, eles são como imãs de conspiracionistas, religiosos, trolls, céticos entre outro tipos de gente que apareceram aqui para reclamar da versão que colocaria na lista, com certeza. Tudo isso porque existem inúmeras versões do que eles são e de onde vieram. Ninguém sabe qual está certa. Vou expor algumas aqui sobre sua história encontrado no blog “A Agenda Secreta” porém se você souber outra, favor colocar nos comentários, sem escândalo.

Haxaxinos – Você já jogou Assassins Creed? Então já sabe de quem estamos falando. Essa Ordem foi temida por diversos povos e teve seu auge em 1090. Em History of Secret Societies, de Akron Daracul, o autor remonta a origem dos Illuminati ao século XI. Vê a sua origem na seita islâmica dos ismaelitas, também conhecida por Ordem dos Assassinos. Vencidos no século XIII, regressariam mais tarde com uma filosofia nova e menos violenta, tornando-se eventualmente na seita ismaelita de hoje, liderada pelo Aga Khan. No século XVI, contudo, no Afeganistão, os Iluminados(Roshinaya) repescariam as tácticas originais dos assassinos. Seriam liquidados por uma aliança entre os mongóis e os persas: “Mas o início do século XVII veria a fundação dos Iluminados de Espanha–os Allumbrados, condenados em 1623 por um édito da Santa Inquisição. Em 1654, os Guérinets ´iluminados´ tornaram-se notados em França”. E finalmente – e o que mais nos interessa – os Illuminati da Baviera foram fundados no dia 1º de Maio de 1776, em Ingolstadt, na Baviera, por Adam Weishaupt, um antigo jesuíta. “Documentos ainda extantes mostram vários pontos de semelhança entre os Iluministas alemães e os da Ásia Central”. Os Illuminati de Weishaupt foram suprimidos em 1785 pelo governo Bávaro. Daraul menciona também os Illuminati de Paris por volta de 1880, mas não aceita a ideia de que ainda existam hoje.

Violence,de Jacques Ellul (Seabury Press, Nova Iorque,1969): Outro livro que trata sobre a origem Illuminati fala que os Illuminati foram fundados por Joachim de Floris no século XI, havendo ensinado originalmente uma primitiva doutrina cristã de pobreza e igualdade. Mais tarde, no século XV, sob o comando de Fra Dolcino, tornar-se-iam violentos, pilhando os ricos e anunciando o reinado iminente do Espírito. “Em 1507″, conclui Ellul, “os Illuminati foram vencidos pelas “forças da ordem”, isto é, por um exército comandado pelo Bispo de Vercueil”.Não faz mais referências aos Illuminati em séculos anteriores ou épocas mais recentes.

“The Conspiracy”,artigo de Sandra Glass, 1969: “Simon começou então a contar-me a história dos Illuminati da Baviera.Esta história de pesadelo inicia-se no Médio Oriente em 1090 d.c,quando Hassan i Sabbah fundou a seita Ismaelita,ou Haxaxinos,assim designada devido ao uso do haxixe,uma droga mortal derivada da planta cannabis,mais conhecida por marijuana a erva assassina(…) O culto aterrorizou o mundo muçulmano até os mongóis de Gengis Khan imporem a lei e a ordem na região. Encurralados no seu refúgio das montanhas, os Haxaxinos, caindo de drogados, mostraram-se incapazes de oferecer resistência aos saudáveis guerreiros mongóis. A sua fortaleza foi destruída e as suas bailarinas enviadas para reabilitação na Mongólia.Os cabecilhas do grupo fugiram para ocidente(…)
“De seguida,os Illuminati emergiram na Baviera em 1776″,contou Simon(…)”Adam Weishaupt,um estudante de ocultismo, estudou os ensinamentos de Hassan i Sabbah,tendo começado a cultivar marijuana no quintal. Em 2 de Fevereiro de 1776,Weishaupt conseguiu a iluminação. Weishaupt fundou oficialmente os Antigos sábios Iluminados da Baviera no 1º de Maio de 1776.O seu slogan era Ewige Blumenkraft(…)Atraíram muitos membros ílustres, como Goethe e Beethoven. Beethoven tinha um cartaz Ewige Blumenkraft afixado por cima do seu piano onde compôs as suas nove sinfonias”.

The Encyclopedia Britannica(edição de 1966,Volume II, “Halicar to Impala”: “Illuminati,um movimento efémero de livre-pensadores republicanos fundado no 1º de Maio de 1776 por Adam Weishaupt,professor de lei canónica e antigo jesuíta,em Ingolstadt,na Baviera. (…) A partir de 1778,começariam a estabelecer contacto com diversas lojas maçónicas onde,sob o impulso de A.Knigge(q.v.),um dos seus principais conversos,teriam alcançado frequentemente posições de comando(…) O projecto teve os seus atractivos para vultos literários como Goethe e Herder,e mesmo para os duques regentes de Gotha e Weimar(…)

O movimento sofreria de dissenções internas,sendo eventualmente banido por um decreto do governo bávaro em 1785″.

Les Societés Secretés qui Gouvernent le Monde,de Pierre Mariel(Editions Albin Michel, Paris, 1969): “Louis Blanc,na sua Histoire de la Révolution Francaise,qualifica Adam Weishaupt como ´o mais profundo conspirador que jamais existiu´.Agindo na sombra,invísivel porém sempre presente,Weishaupt foi o animador de uma sociedade de iniciação e política cuja influência persiste ainda nos nossos dias.(…)Weishaupt foi assim o precursor dos anarquistas e socialistas.Os seus continuadores directos foram os fundadores do carbonarismo:Gracos Babeuf e Buonarotti.Na Primeira Internacional encontra-se a influência críptica mas segura dos Illuminati da Baviera(…) os iluminados que atingiam o grau de padres iluminados sabiam então que iam contribuir para o desmoronar do cristianismo e da realeza,substituídos pelo ateísmo e pela igualdade(…)”

“Daley Linked with Illuminati”,artigo não assinado publicado no pequeno jornal norte-americano de extrema esquerda RogerSPARK Chicago (Julho de 1969,vol.2,nº9): “Nenhum historiador sabe ao certo o que sucedeu a Adam Weishaupt após o seu exílio da Baviera em 1785.Todavia,George Washington refere frequentemente no seu diário a existência de uma plantação de marijuana em Mount Vernon (residência presidencial).

“A hipótese de Weishaupt ter morto Washington e tomado o seu lugar,servindo então durante oito anos como nosso primeiro presidente,encontra-se agora confirmada.Se excluirmos uma pequena mancha azul num dos cantos,as duas principais cores da bandeira americana são o vermelho e o branco:ora estas são também as cores oficiais dos Haxaxinos.Tanto a bandeira americana como a Pirâmide dos Illuminati têm treze divisões horizontais;e o treze é,como todos sabem,o código tradicional da marijuana,sendo ainda usado nesse sentido pelos Hell´s Angels,entre outros.
“Este ´Washington´fundaria o partido federalista.O outro grande partido dessa época,o Democrata Republicano,foi formado por Thomas Jefferson,havendo motivos para considerar válido o testemunho do reverendo Jedediah L.Morse,de Charleston,que acusou Jefferson de ser agente dos Illuminati.Por conseguinte,até mesmo no alvorecer da nossa nação,ambos os partidos não passariam de uma fachada para os Illuminati(…)”

Illuminatus!,de Robert Anton Wilson (Sphere Books,Londres,1980,Vol.1,pag.52): “Em essência,a teoria diz que os Illuminati recrutavam as pessoas através de várias organizações de fachada,submetendo-as depois a algum tipo de experiência iluminadora,mediante a marijuana(ou algum extracto especial de marijuana),e convertendo-as em fanáticos dispostos a usar quaisquer meios para ´iluminar´o resto do mundo.Evidentemente,o seu objectivo final não era nada menos que a transformação total da humanidade,segundo a linha sugerida no filme 2001,ou o conceito nietzschiano de Super Homem.No decurso dessa conspiração,eles assassinariam sistematicamente todas as personalidades políticas susceptíveis de interferir com o seu programa”.

Proofs of a Conspiracy,de John Robison(Christian Book Club of America,Hawthorn,1961;publicado originalmente em 1801): A obra fundamental sobre os Illuminati.Mação inglês,Robison descobriu através da sua experiência pessoal que as lojas maçónicas francesas–como o Grande Oriente–eram fachadas para os Illuminati,e que estes foram os principais instigadores da Revolução Francesa.Mas só os que pertenciam aos graus superiores sabiam o segredo,cujo teor–segundo Robison–era o seguinte:os Illuminati tencionam destruir todos os governos e toda a religião,substituindo-os por um mundo anarco-comunista de amor livre.Já que “os fins justificam os meios” (um principio adquirido por Weishaupt durante a sua juventude jesuíta),aos Illuminati não importava quantas pessoas tivessem de matar para alcançarem os seus nobres objectivos.Robison parece nada saber sobre anteriores movimentos dos Illuminati,afirmando porém especificamente que os Illuminati da Baviera não foram destruídos pela repressão governamental de 1785,mas que ainda se encontravam activos em 1801,altura em que escreveu a sua obra.Na página 116,Robison enumera as lojas então existentes,a saber:Alemanha(84 lojas),Inglaterra(8 lojas),Escócia(2),Varsóvia(2),Suiça(muitas),Roma,nápoles,Ancona,Florença,França,Holanda,Dresden(4),Estados Unidos(várias).

World Revolution,Nera Webster(Constable and Company,Londres,1921): A senhora Webster é de opinião que os Illuminati nunca fizeram a mínima tenção de criar a sua utópica sociedade anarco-comunista:essa seria apenas outra das suas máscaras.Como o seu verdadeiro objectivo seria a ditadura mundial,não tardaram a formar uma aliança com o governo da Prússia.Todos os movimentos socialistas,anarquistas e comunistas subsequentes foram apenas disfarces,argumenta Nera Webster,por detrás dos quais o Estado Maior germânico conspirava para derrubar os outros governos,de forma a permitir a sua conquista pela Alemanha.(O livro foi escrito logo após a Inglaterra ter combatido a Alemanha na I Guerra Mundial.)

Quanto às ligações dos Illuminati com o comunismo mundial,eis algumas passagens das páginas 234-235:”Mas agora que a (Primeira) Internacional morrera,as sociedades secretas foram obrigadas a reorganizar-se.É durante esta crise que descobrimos a´seita formidável´ressurgin-
do de novo–os Illuminati originais de Weishaupt.(…)Terá sido(…) pura coincidência o facto de,em Julho de 1899,o Congresso Socialista Internacional ter decidido escolher o dia 1º de Maio,que foi o dia em que Weishaupt fundou os Illuminati,para manifestação internacional do Dia dos Trabalhadores?”

The High IQ Bulletin,editado por Philip Campbell Argyle-Stewart(Vol.IV,nº1,Janeiro de 1970): “Existe algo mais que deve mencionar-se.A sra. Helena Petrovna Blavatski(nascida em Hahn na Alemanha),1831-1891,fundadora da teosofia(…)era tão hipócrita quanto diabólica,uma verdadeira feiticeira de grande poder maléfico,aliada com os Illuminati,os Mações do Grande Oriente,os Anarquistas Russos,os teóricos do Israel Britânico,os Proto-sionistas,os Assassinos Árabes e os Tugues da Índia”.

Carta à revista Playboy (“The Playboy Advisor”,Playboy,Abril de 1969): “Ouvi recentemente um velho reaccionário–um amigo dos meus avós–afirmar que a actual vaga de assassínios na América é obra de uma sociedade secreta chamada Illuminati.Disse ele que os Illuminati têm existido através da história,que são donos dos monopólios bancários internacionais,que são todos maçãos do 33º grau,e que Ian Fleming conhecia a sua existência,havendo-os retratado nos seus livros de James Bond sob a forma da organização Spectre–razão por que os Illuminati terão liquidado o sr. Fleming.Primeiro isto pareceu-me ser tudo uma grande paranóia.Mas então li no New Yorker que Allan Chapman,um dos investigadores não-oficiais do assassínio de John Kennedy,acredita que os Illuminati existem realmente…”

Evidentemente,a Playboy considera esta ideia totalmente ridícula,remetendo o leitor para a explicação da Encyclopedia Britannica.

Versões da Internet: Comando de Elite do Satã – Para sites evangélicos em geral que trata do assunto, os Illuminatis são o bope do chifrudo. Estão aqui para por em prática os planos do malévolo fazendo com que a humanidade vire sua escrava e o adore.

Independente da origem dos Illuminatis, quase todas as versões concordam em um ponto: o objetivo deles é dominar o mundo! De que jeito? Não sabemos. E não há possibilidade de saber já que tudo que é relacionado a dominação global é apontado aos Illuminatis gerando uma confusão imensa entre o que pode ser real e o que não é. Quem sabe isso faça parte do plano.

Comentários

O Desocultando é um agregador de conteudo singular que tem como principal objetivo centralizar e divulgar informações
relacionadas ao oculto, o sobrenatural, ciência, conspirações, contatos extraterrestes e mistérios em geral.


Desocultando | Aqui o oculto é revelado © 2020.


n

Back to Top